A Arsufe assume as seguintes responsabilidades:


Administrativas:

- Elaborar e/ou corrigir o Regulamento do Condomínio;

- Manter atualizadas as actas de todas as reuniões efectuadas e decisões tomadas pelo condomínio;

- Convocar a Assembleia de Condóminos;

- Elaborar o orçamento anual a aprovar em assembleia-geral de condóminos;

- Fornecer, sob solicitação, cópias dos documentos de suporte relativos a qualquer despesa sobre a qual surjam dúvidas;

- Informar regularmente os condóminos sobre as actividades relativas ao condomínio;

- Representar o condomínio junto das autoridades administrativas e judicias, em casos relacionados com as partes comuns;

- Realizar visitas frequentes ao edifício para detecção de eventuais deficiências ou reparações ligeiras, substituição de lâmpadas, etc. e averiguar a satisfação dos condóminos quanto à prestação dos nossos serviços;

- Coordenar as actividades de conservação preventiva de todas as áreas e equipamentos comuns;

- Coordenar as obras de conservação e modificação do edifício ou edifícios que constituem o condomínio;

- Garantir a existência do seguro obrigatório contra riscos de incêndio, quer quanto às fracções autónomas, quer relativamente às partes comuns;

- Proceder à cobrança de todas as prestações determinadas em assembleia de cóminos;

- Na impossibilidade da cobrança normal das prestações, recorrer à forma judicial para a cobrança destes valores;

- Manter uma Linha de Emergência do Condomínio;



Financeiras

- Manter as contas do condomínio organizadas, disponíveis para consulta de todos os condóminos, na sede da empresa, nas horas normais de expediente, com prévia marcação;

- Liquidar de forma atempada todas as despesas respeitantes às zonas comuns do edifício, contempladas no orçamento anual definitivo sob rubrica própria (ex. electricidade, água, limpeza, etc.), exigidas pelos condóminos, ou despesas de emergência (reparações, acidentes, etc.) contempladas em rubrica própria no orçamento;

- Apoiar na criação de uma "conta poupança" onde deverão ser depositados os montantes definidos para o "fundo comum de reserva" obrigatório (em que cada condómino contribui obrigatoriamente com a quantia correspondente a, pelo menos, 10% da sua quota-parte nas restantes despesas do condomínio), destinando-se este fundo a custear futuras despesas de conservação do edifício ou conjunto de edifícios que constituam o condomínio;
ORÇAMENTO

a) Notas Importantes

O orçamento do condomínio é realizado de acordo com as despesas efectivas correntes do edifício;

Não serão realizadas alterações à prestação orçamentadas sem a realização de Asssembleia-geral para esse efeito;

Não se considera despesa a realização da Assembleia Ordinária anual (está incluída nos Honorários da Administração).



b) Formas de Pagamento

A ARSUFE– Administração de Condomínios e Contabilidade, Lda. coloca à disposição dos condóminos diversas modalidades para liquidação das prestações do condomínio:
Multibanco; Transferência bancária; Cheque; Numerário; Outros.

Mensalmente, o condómino receberá um aviso para liquidação da prestação mensal, que deverá liquidar até à data de vencimento mencionado no mesmo

Não sendo a referida liquidação efectuada até ao final do prazo inscrito no aviso, o condómino receberá no mês seguinte um aviso para liquidação das prestações dos dois meses em débito. Findo o prazo estipulado no segundo aviso, sem que os montantes se encontrem liquidados, será gerado processo com as coimas previstas e remetido para contencioso para o tratamento devido.